Etapa 7: As quatro palavras que podem transformar sua vida

A verdade é que a transformação pessoal é um processo, o qual consiste em etapas e, é isso que vou te explicar. Se você internalizar as quatro palavras que vou te apresentar, tenha certeza de que sua vida não será mais a mesma de agora em diante.

Porém, antes disso, vou te explicar a relação entre comportamentos e resultados.

Quanto mais investimos no desenvolvimento de novos comportamentos, mais resultados obtemos nas diversas áreas de nossa vida: profissão, família, saúde física e mental, finanças, dentre outras.

É importante lembrar que a relação comportamento X resultados, pode perder a eficiência se não estivermos atentos a um aspecto, que é a pausa para reorganizar nosso sistema interno.

Depois de um dia de muito trabalho, é necessário ter tempo para descansar o corpo… Depois de um período sem se alimentar, é adequado ter um momento para comer… enfim, o corpo humano necessita de frequentes paradas para se ajustar ao seu pleno funcionamento. Quando isso não ocorre,  começam  surgir as disfuncionalidades.

Por exemplo, quem tem a crença de que precisa se esforçar muito para obter resultados, acaba trabalhando demais e, na maioria dos casos, perde eficiência por trabalhar com cansaço e não utilizar a adequada estratégia para alcançar o objetivo esperado.  E, no final das contas, acaba reforçando sentimentos de inferioridade por não obter realizações.

Este processo disfuncional pode perdurar pela vida inteira de uma pessoa se ela não estiver atenda a isso, mesmo sendo um bom indivíduo e tendo a intenção positiva de obter excelentes resultados a partir de seu esforço.

Isso ocorre pela não entendimento e/ou conhecimento de quatro palavras: consciência,  processo, opções e prática.

  • Consciência: estar consciente dos pensamentos, sentimentos e comportamentos é o primeiro passo o autoconhecimento e tomar contato com os fatos da realidade. Se isso não acontecer, a pessoa não consegue ter consciência dos próprios problemas.
  • Seu processo: perceber como é o seu processo comportamental e aumentar o entendimento de suas próprias questões, significa conhecer como você funciona. Caso não haja este entendimento, padrões disfuncionais de comportamentos ficam ativos por longos períodos.
  • Opções: identificar opções de mudança para atingir seus objetivos, demonstra que você está chamando a responsabilidade para si e buscando soluções para seus desafios. Se não houver predisposição para buscar alternativas, a pessoa corre o risco de criar desculpas para justificar sua inação.
  • Prática: praticar estratégias de autodesenvolvimento, significa permitir-se ter comportamentos conscientes e coerentes para atingir suas metas. Sem iniciativa para experimentar novos padrões de comportamentos leva o indivíduo a manter o status quo e, como consequência, reforça padrões disfuncionais de comportamento.

E você, o quanto está investimento em si? O que já perdeu na vida por não investir em seu desenvolvimento pessoal e profissional?

Faça uma pausa agora e reflita sobre estas quatro palavras que podem transformar sua vida:

Consciência:

  • Qual é a situação que você está vivendo e deseja melhor resultado?
  • O que você pensa e sente a respeito dessa situação?

Seu processo:

  • Qual é o ponto de origem do comportamento disfuncional?
  • O que acontece na sequência?
  • Qual é o resultado?
  • Como ficam seus pensamentos e sentimentos após o ocorrido?

 

Opções:

  • Quais são suas opções para lidar/resolver esta situação?
  • Quem pode te ajudar a pensar em outras opções?

Prática:

  • Quais comportamentos práticos você colocará em ação para lidar/resolver esta situação e fortalecer a realização de seus objetivos?

Você deseja aprofundar em seu processo de desenvolvimento pessoal e aprender a lidar com estas quatro palavras? O Método Inteligência Comportamental te dará este suporte. Participe da próxima turma, com minha mentoria.

Luiz Antonio Tiradentes: Administrador, Analista Transacional Certificado,   formador de líderes  e autor do Método Inteligência Comportamental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *